sexta-feira , junho 25 2021

Prefeitura testa aparelho importado da Europa, utilizado para limpeza e recuperação de prédios históricos

Primeira avaliação está sendo feita no Museu Érico Veríssimo através de uma parceria com o Exército Brasileiro

A Secretaria Municipal de Obras, Planejamento e Mobilidade Urbana, acompanhou a realização dos testes para limpeza do Museu Érico Veríssimo, a fim de higienizar a fachada do prédio histórico, sem danificar o revestimento original.

“A manutenção periódica nos prédios de interesse histórico é importante, uma vez que além de revitalizar o bem, preserva a suas estruturas da ação do tempo. Cabe ressaltar que toda e qualquer tipo de intervenção em bem tombado, inclusive em seu entorno, deve passar por aprovação prévia, neste caso do IPHAE. Por isso, informamos o Instituto sobre os testes e realizamos o acompanhamento de todo o processo. Estamos utilizando um equipamento especial, importado da Itália, que usa baixa pressão, o que não agride a fachada e mantém as suas características originais”. Explicou o arquiteto da Prefeitura, Mateus Veronese.

A casa em que o escritor Érico Veríssimo nasceu e passou os primeiros anos de vida foi tombada em 1984 pelo IPHAE. O Museu reúne um significativo acervo de objetos que pertenceram ao escritor, como sua primeira máquina de escrever, óculos, livros, chapéus e originais de suas obras, além de alguns móveis que pertenceram à família.

Segundo a Secretária Municipal de Obras, Planejamento e Mobilidade Urbana, Bárbara Vieira Nogueira, a Prefeitura está elaborando o projeto de restauro do Palácio da Intendência, construído em 1914 e tombado pelo IPHAE em 1984. “O Projeto está sendo desenvolvido pela equipe da Secretaria e em breve será encaminhado para aprovação no IPHAE”.

Verifique também

AgroFácil Conecta simplifica o acesso ao crédito para o agronegócio no Banrisul

O Banrisul lançou uma nova plataforma que irá estimular a expansão do agronegócio na instituição: …

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *