quinta-feira , fevereiro 29 2024

Comissão de Saúde Hospitalar Entrega Relatório Final

A Comissão de Saúde Hospitalar instalada pelo Projeto de Resolução 26/2021 entregou nesta segunda-feira (14) o relatório final contendo todos os dados apurados pela comissão com base nos documentos fornecidos pelas instituições procuradas durante toda a vigência da Comissão Especial. A Comissão especial presidida pelos vereadores Paulo Ricardo Nazário Viecili (Presidente), José Carlos Martins Taquara (Vice-presidente) e José de Moura Amaral (Relator), teve como membros os vereadores Ana Paula Coelho (PT), Luirce Paz (PL), Marcos André Luza (PDT) e Valeria Gomes de Bortoli (PP).

A comissão apurou informações que abrangeram a capacidade hospitalar para a realização de cirurgias, bem como a necessidade de internações cirúrgicas do município de Cruz Alta e da 9ª Coordenadoria Regional de Saúde. A Comissão explicita em seu relatório final, que será colocado em votação plenária pelos vereadores da Casa, que o município de Cruz Alta tem uma importante demanda represada de cirurgias eletivas com destaque especial para aquelas relacionadas ao sistema digestivo. O médico e vereador Dr Paulo Viecili relembra que durante os dois primeiros anos de pandemia, houve suspensão da realização de cirurgias eletivas em razão da COVID-19, o que pode explicar, em parte, a demanda represada.

Do ponto de vista de capacidade hospitalar, o município tem contratados com o Hospital São Vicente de Paulo a realização de 480 cirurgias para a realização durante o ano com um mínimo de 20 cirurgias por mês, sendo que a instituição respondeu à Comissão Especial que tem capacidade instalada para atender a demanda do município. Ainda, a Comissão teve acesso ao relatório de auditoria realizado pelo Departamento de Auditoria do SUS, a qual evidenciou que o Hospital São Vicente vem passando por intensas modificações administrativas e que demandam acompanhamento também do poder público municipal.

A Comissão Especial apurou que a partir do momento em que o hospital possui capacidade instalada, e contratada com o município de Cruz Alta para sanar a necessidade municipal, cabe ao Poder Legislativo fiscalizar mensalmente o fluxo de cirurgias conforme contratado entre o município e o Hospital São Vicente de Paulo.

Os vereadores destacam que é dever do poder público atuar efetivamente na busca de soluções dos  problemas enfrentados pela população cruzaltense, reforçam ainda que a Casa Legislativa é comprometida e se mantém vigilante com a fiscalização da saúde hospitalar do município de Cruz Alta.
Fonte: Câmara de Vereadores de Cruz Alta

Verifique também

UPA 24h de Cruz Alta será Reinaugurada nesta quinta-feira

   A Unidade de Pronto Atendimento – UPA de Cruz Alta passou por uma grande …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *