segunda-feira , agosto 8 2022

Hoje é o Dia Mundial do Doador de Sangue

Hemocentro oferecerá um lanche especial

Nesta terça-feira, 14, é celebrado o Dia Mundial do Doador de Sangue. Essencial para diversos tratamentos e intervenções urgentes, o sangue salva vidas. Não existe remédio que tenha o mesmo efeito. A única forma de ajudar a quem precisa é por atitudes solidárias. Por isso é tão importante contar com a ajuda de doadores voluntários. Para marcar a data, segundo a Coordenadora do Hemocentro, Angélica Trentini, será oferecido um lanche especial aos doadores.

O alerta para a necessidade de doação fica mais evidente em períodos frios e em feriados, como no próximo dia 16 de junho, quando é comemorado o Dia de Corpus Christi. “Com a diminuição das temperaturas, as pessoas tendem a ficar mais em casa e a sofrer com doenças respiratórias, como gripes e resfriados. Esse é um período em que as doações diminuem, principalmente devido a doenças da estação. A doação de sangue é um ato de muita responsabilidade. É preciso proteger o doador e o receptor. Por isso, somente pessoas saudáveis podem doar”, comenta.

Outro fator que reduz as doações são as vacinas. Dependendo da vacina, o doador vai precisar de um tempo maior de intervalo para fazer uma doação.

Ação do sangue

O sangue é um componente fundamental para muitas pessoas em tratamento ou em situações de risco, além de apoiar em procedimentos médicos e cirúrgicos. Todos os dias existem situações nos hospitais em que são necessárias as transfusões de sangue, sejam elas de feridos em emergências, traumas, acidentes ou mesmo quem vai passar por uma cirurgia. Receber uma doação de sangue é vital para salvar a vida dessa pessoa.

O corpo humano tem, em média, cinco litros de sangue. Cada voluntário chega a doar cerca de 450 ml. Não há prejuízos na doação, visto que o corpo recupera o sangue doado rapidamente. Em geral, após 24 horas o doador está completamente recuperado e pode voltar a fazer exercícios e ter uma vida normal.

Junho Vermelho

Incorporado à união de esforços, destaca-se o Junho Vermelho. Criada em 2015 pelo movimento Eu Dou Sangue, a ação surgiu para aumentar o número de doações neste período em que a adesão tende a ser menos expressiva em virtude das temperaturas tradicionalmente mais baixas em algumas regiões brasileiras. Por ser também um período de férias escolares, muitas famílias viajam, fato que contribui para a redução do estoque de sangue em alguns hemocentros.

Doe Sangue

Para se candidatar à doação de sangue, é preciso estar saudável, bem alimentado, pesar acima de 50 kg, ter entre 16 e 69 anos e apresentar um documento oficial com foto.

Para oferecer atendimento ágil, o Hemocentro está recebendo doadores com hora marcada. Os voluntários podem agendar um horário pelo telefone 3326 3168.  O Hemocentro Regional de Cruz Alta está localizado na Rua Barão do Rio Branco, número 1445. O horário de funcionamento, para doação, é de segunda a sexta-feira, das 7h30min às 11h.

 

Verifique também

Fiocruz desenvolve índice para medir desigualdade social na pandemia

Lançamento será amanhã, às 15h, em evento online O Centro de Integração de Dados e …

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.